Atenção!
O item de notícias que você está visualizando está no formato antigo do site. Podem haver alguns problemas de representação em algumas versões de navegadores.

Fechar

Nossos Tanques Favoritos MightyJingles, RitaGamer e QuickyBaby


Tanqueiros!

Bem-vindos à primeira de uma série de entrevistas em que perguntamos a vocês, ou pelo menos a alguns dos seus colegas jogadores, sobre os veículos favoritos do jogo. Já temos alguns caras na fila para episódios futuros, mas se deseja ver a entrevista de alguém em particular (seu streamer favorito, um comandante de clã, um jogador profissional ou até mesmo um funcionário da Wargaming), nos informem pelos fóruns e faremos o possível para conseguir. Neste primeiro, temos alguns jogadores que vocês talvez reconheçam, dos vídeos no YouTube e no Twitch.

Paul, também conhecido como @MightyJingles, começou a jogar World of Tanks logo após o beta fechado e vem criando vídeos de World of Tanks para o canal dele no YouTube há mais de dois anos. Ele entrou no jogo depois de clicar em um anúncio no Facebook (a primeira e única vez que fez isso, ao que parece), e só mais tarde percebeu que já tinha lido um artigo da PC Gamer sobre o jogo antes.

Rita, ou @RitaGamer, joga há tanto tempo que nem se lembra quando começou. Jogos de tiro e corrida são seus favoritos, e em World of Tanks ela encontrou as duas coisas. Nas palavras de Rita, "foi amor à primeira munição". Rita vem transmitindo World of Tanks no Twitch há uns dois anos e, nesse tempo, já acumulou mais de um milhão de espectadores e 12 300 seguidores. Ela possui tanques de todos os tipos e em todos os níveis, e seu objetivo é ter todos os veículos do jogo. Destaques das transmissões de Rita no Twitch podem ser encontradas no canal dela no YouTube.

@QuickyBaby é o mais popular streamer de World of Tanks no Twitch, onde transmite às terças, quintas e aos domingos. Seu canal do YouTube também tem muitos seguidores. Ele começou a jogar durante o beta fechado e atualmente tem uma classificação pessoal de mais de 10.000 com 61% de vitórias. Fora do jogo, QuickyBaby recebeu recentemente um Ph.D. em imagens de satélite.

MightyJingles nos mostra por que o TOG II é seu tanque favorito.

Primeiro o mais importante: Qual é o seu tanque favorito e há quanto tempo joga com ele?

MightyJingles: TOG! TOG é o melhor tanque da UE! Bem, não exatamente, mas é muito mais divertido. Jogo com o TOG desde quando alguém me deu um de presente, há mais de um ano.

RitaGamer: Sem qualquer dúvida o IS-3, temos sido melhores amigo há quase dois anos.

QuickyBaby: Tenho a sorte de ter jogado com todos os tanques do jogo e meu favorito é o médio britânico T7, o Comet! Jogo com ele desde o dia em que os tanques britânicos foram lançados no patch 8.1.

Quais melhorias/ equipamentos/ consumíveis vocês usam no tanque, e por quê?

MightyJingles: Pilão de Projétil, Ventilação e Spall Liner Pesado. A artilharia é o inimigo mortal do TOG. Cada pecinha de proteção ajuda, especialmente quando se está na mira de um Bert, o Vingador (FV304).

RitaGamer: Tenho usado o canhão BL-9 de 122 mm com muito pouca munição Premium (essa arma é bem eficiente e basta isso para enfrentar os ossos mais duros de roer, como o Maus). Quanto a equipamentos, estou usando o Pilão de Projétil de Grande Calibre para diminuir o tempo de recarga a lindos 10.98 segundos, o Estabilizador Vertical Mk2 para garantir um bom disparo enquanto avanço pelas linhas inimigas e a Ventilação Aperfeiçoada Classe 3 para dar uma vantagem extra mas, principalmente, para acelerar o treinamento da tripulação. (Estou quase desbloqueando a sexta habilidade da tripulação e qualquer percentual extra de XP é muito bem-vindo). Os consumíveis que uso são os kits pequenos de Consertos e de Primeiros Socorros, e um Extintor Automático de Incêndio.

QuickyBaby: Os equipamentos que uso no Comet são um Pilão de Projétil, Ventilação e Estabilizadores Verticais, que maximizam o dano e diminuem o tempo de mira. Meus consumíveis preferidos são um Kit de Conserto, Kit de Primeiros Socorros e Pudim e Chá – isso torna o Comet capaz de lidar com a maioria das situações, exceto um incêndio. Se isso acontecer, a tripulação deve derramar o chá e jogar pudim nele para sufocar as chamas.

RitaGamer pontuou uma destruição muito satisfatória na transmissão de destaque desse IS-3.

Como descreveria seu estilo de jogo?

MightyJingles: Avançando a todo vapor e sem parar até chegar ao Porto de Alexandria! O TOG é tão lento que não dá para perder tempo parado. Felizmente, ele também é muito eficiente para disparar em movimento, afinal, sua velocidade máxima não é muito superior a de um tanque parado.

RitaGamer: O IS-3 desperta o guerreiro Klingon agressivo que existe em mim; sendo dominadora, avanço ferozmente pelas linhas inimigas e abro o caminho para os tanques menores e mais fracos. Ele faz um bom trabalho, mesmo em batalhas de nível X: nessas eu em geral sigo os melhores veículos pesados bem de perto e ajudo com tiros furtivos, às vezes realizando ataques de flanco para ganhar XP adicional!

QuickyBaby: O Comet é muito versátil e possui uma taxa de fogo fantástica, que é capaz de rapidamente eliminar alvos do mesmo nível ou inferiores. Ele também tem um dos melhores ângulos de depressão do canhão no jogo, com -12º, que o torna capaz de usar praticamente qualquer colina, flaco ou ondulação para esconder a blindagem do casco e superar os tanques inimigos!

Costumo dirigir até o meio da batalha usando a flexibilidade e manobrabilidade do tanque para evitar alvos pesados e atrair alvos para a minha equipe abater. Depois, dou apoio à minha equipe executando ataques de flanco e ajudando a detonar os inimigos mais difíceis!

Vocês preferem algum mapa em especial?

MightyJingles: Ah, sim. O Arctic. Gosto de ir em direção ao sul para o "Corner of Fail" e esmagar tudo o que estiver neste canto, sem parar. Nunca me canso.

RitaGamer: Qualquer mapa urbano é muito bem-vindo, mas gosto particularmente de Highway, Ensk e Ruinberg. Esses mapas são perfeitos para essa maravilha soviética.

QuickyBaby: Mines é provavelmente o melhor mapa para um tanque médio com excelente depressão de canhão! Subo o morro e comando o desenvolvimento da batalha.

Por que QuickyBaby ama tanto o seu Comet? Assista a sua avaliação para descobrir.

Alguma dica para os tanqueiros que venham a entrar no tanque favorito de vocês pela primeira vez?

MightyJingles: Faça parte de um Pelotão. Quando estão sozinhos, TOGs são criaturas tristes e solitárias. O TOG é um animal de rebanho, funciona melhor em grandes grupos. Um pelotão com três TOGs tem 4 200 pontos de energia e dispara um tiro a cada um segundo e meio. Eles esmagam os inimigos, atraindo-os primeiro antes de se divertirem com a desgraça da tripulação de conserto inimiga.

RitaGamer: A primeira coisa a fazer quando uma batalha começa é procurar no minimapa um local onde você possa explorar todo o potencial do tanque. No caso do IS-3, cidades e áreas planas são o ambiente perfeito. (Nesses locais ele estará seguro enquanto recarrega e não precisa se preocupar com ao ângulo de depressão do canhão). Após chegar nessas áreas, as estratégias de casco escondido e sidescraping (posição em ângulo invertido) são muito importantes. Evite expor as laterais a todo custo, senão provavelmente ficará sem munição e/ou será incendiado.

Se encontrar um inimigo e não tiver como esconder o tanque, a melhor coisa a fazer é se aproximar dele. Como o IS-3 tem um perfil muito baixo, pode ser muito fácil para tanques mais altos, como o T34, atirarem em seu ponto fraco na torre. Não esqueça de girá-lo durante a recarga e, quando sentir que o inimigo está prestes a disparar, tente espelhar o canhão dele para que o projétil ricocheteie.

Não seja tímido com o IS-3! Divirta-se e conduza-o para um pôr do sol vitorioso!

QuickyBaby: Um conselho para os novos pilotos do Comet: peguem a torre melhorada, o tanque é horrível sem ela! Não desistam no início. 

Tenho um monte de vídeos detalhados com dicas sobre meu tanque favorito no meu canal do Youtube.

Obrigado pelo seu tempo!

O que achou dessas escolhas? Você é fã de um desses tanques? Está mais disposto a experimentar algum desses tanques agora do que quando começou a ler essa entrevista? Escreva para nós nos fóruns.

 

Fechar