Atenção!
O item de notícias que você está visualizando está no formato antigo do site. Podem haver alguns problemas de representação em algumas versões de navegadores.

Fechar

O Guia do Chieftain: Uso de Cobertura

A Escotilha do Chieftain
Em outros idiomas: en


Há por aí vários guias e explicações acerca de como jogar o World of Tanks, alguns melhores do que outros. Eu pensei em criar o meu próprio guia, do meu jeito. É um “Guia de Sobrevivência” mais do que um ”Guia de Utilizador”, e geralmente parte do princípio de que você já sabe como se deslocar na arena de batalha e disparar. Tudo isso vai também estar num subfórum no “A Escotilha”, com alguns itens “aprofundados” a serem conectados com páginas de detalhes separadas. De forma a não sobrecarregar ninguém com informação, estamos lançando algumas das partes mais interessantes (e mais longas) em várias parcelas.

A primeira é “uso de cobertura”. Basicamente, o que é uma posição de desenfiamento, posição buraco de fechadura, e como usar elas.

Uso de Cobertura

A melhor maneira de sobreviver por qualquer período de tempo é não ser atingido de todo. Isto pode ser conseguido mantendo-se em movimento, o que limita sua capacidade ofensiva, ou simplesmente tirando partido das caraterísticas do terreno à sua volta para reduzir a exposição de seu tanque. Quanto menos de seu tanque está visível, mais difícil é ser atingido. Mesmo que o inimigo tome o seu tempo para apontar apropriadamente, a dispersão da arma pode causar que ela erre. Em primeiro lugar, vamos checar a teoria, e depois a aplicação prática no World of Tanks.

Cobertura é definida como “abrigo ou proteção do fogo inimigo”, e na prática significa “algo que impede um projétil bem apontado de lhe acertar”.

Os dois principais tipos de posições de fogo são o desenfiamento e o buraco da fechadura. Em posições de desenfiamento, os tanques são vulneráveis a partir dos flancos e a fogo de cobertura inimigo. O buraco de fechadura permite maior proteção ao aproveitar caraterísticas do terreno que permitem criar um “buraco de fechadura” em redor da posição. Idealmente, empregue uma combinação das duas posições sempre que possível para aproveitar as forças de cada uma delas enquanto mitiga suas fraquezas.

Estas são as três principais posições de desenfiamento como estão descritas no FM 17-98, o antigo manual do Pelotão de Batedores do Exército dos E.U.A. (A versão mais recente ainda não está autorizada a ser liberada ao público!):

DESENFIAMENTO TOTAL
Nessa posição, o comandante do veículo oculta o veículo para que nenhuma parte do mesmo esteja exposta na frente. Esta posição é usada quando o combate com o inimigo não está iminente e discrição é desejada, ou quando um veículo está se movendo para evitar fogo direto de um inimigo não detetado.

DESENFIAMENTO DE TORRE (TURRET-DOWN POSITION)
Nesta posição, o comandante pára o veículo assim que o veículo esteja atrás de cobertura, mas permitindo que o comandante possa observar o setor que lhe foi atribuído a partir de sua posição. A posição de desenfiamento da torre é usada quando o confronto com o inimigo é possível e a discrição ainda é desejada. Quando for necessário combater, o veículo passa para uma posição de desenfiamento de couraça sob ordem do comandante.

DESENFIAMENTO DE COURAÇA (HULL-DOWN POSITION)
Esta posição é usada para combater um elemento inimigo. O comandante pára o veículo assim que o artilheiro possa ver e engajar a área alvo. O restante do veículo permanecerá atrás de cobertura.


Desenfiamento de couraça não significa necessariamente que o tanque esteja abaixo do solo em morros ou em posições preparadas. Também funciona em ambiente urbano.


Desenfiamento de Couraça em Ambiente Urbano

Então, posições buraco de fechadura: Estas oferecem ao tanque que está disparando alguma proteção de fogos de cobertura inimigos. Elas restringem a observação, e como tal limitam a vulnerabilidade a apenas um segmento do engajamento do pelotão; assim, apenas aqueles alvos que podem ser vistos (e engajados) pelo tanque podem retornar fogo. Movimentando para ou a partir da abertura para a posição pode variar a largura do campo de fogo.

Posições Buraco de Fechadura

Bem, isto completa a teoria. Como isto se pode aplicar a World of Tanks?

Na realidade, bastante bem.

Para as mecânicas de deteção, há um ponto de verificação de visibilidade no ponto mais alto da torre ou cúpula (se presente).  Isto representa ou a mira da arma (montada no teto da torre), ou a visibilidade do comandante. Como resultado, posições de desenfiamento de torre funcionam.

Desenfiamento de Torre

O T32 na imagem acima está expondo apenas a cúpula do comandante. Ele tem um campo de visão completo e desobstruído da arena de batalha na sua frente, enquanto ao mesmo tempo dá um alvo diminuto às armas do inimigo. Mais ainda, se não fosse pelo enorme ícone vermelho sobre ele, teria sido muito simples nem reparar nele. Use o desenfiamento de torre para adquirir percepção situacional, detetar alvos (em especial para artilharia) e pré-apontar no alvo (i.e., apontar a arma na direção correta para não perder tempo exposto desnecessariamente).

Desenfiamento da Couraça

Você não quer ver isto na sua mira. O veículo avançou na ladeira o suficiente para a arma poder atirar, mas não expôs mais do que o estritamente necessário para isso. A arma agora tem o campo de visão liberado para o alvo. A visão de sniper está posicionada como se a mira estivesse olhando pelo próprio cano da arma: para determinar se sua arma passou o topo, passe para modo sniper. Assim que você conseguir ver seu alvo, você saberá que sua arma passou. Agora a arma tem visão completa da arena de batalha, mas apenas metade do veículo visível ao inimigo e exposto a fogo de retorno. Outro método é, usando o modo normal, avançar lentamente até que a retícula “cole” no alvo.

Exposto

Compare com a imagem acima mostrada de um T32 completamente exposto. O veículo agora está muito vulnerável a fogo de retorno, mas não ganha nenhum benefício em termos de sua capacidade para atirar no veículo inimigo. Mais ainda, a parte inferior do casco é menos blindada que a parte superior na maioria dos veículos, o que significa que não só você é mais fácil de atingir, como você é mais fácil de destruir.

Você se lembra daquela imagem de um Abrams em desenfiamento de couraça em ambiente urbano? Novamente, isso funciona muito bem no jogo.

Este T32 pode cobrir toda a rua a partir desta posição.

No entanto, enquanto os inimigos em toda a rua podem certamente ver o T32, eles têm dois problemas muito distintos.

O primeiro é, novamente, que o alvo é muito pequeno e, como tal, difícil de acertar. O outro é que o ponto fraco do T32 é o casco, em particular a lateral.

Isto demonstra como os pontos fracos de um tanque podem ser protegidos durante os combates. Isto significa que o único lugar em que o T32 pode ser atingido, mesmo que consigam acertar num alvo tão pequeno, é o lugar melhor protegido, com 298mm de aço protegendo ele.

Apesar de oportunidades para usar o “buraco da fechadura” serem mais comuns em terreno urbano, o uso perspicaz do ambiente significa que é possível encontrar posições adequadas praticamente em todos os mapas.


Posição “Buraco de Fechadura”

Posições “buraco de fechadura” são úteis apenas para emboscadas, elas normalmente não podem ser usadas para apoiar um movimento ofensivo dado que o campo de tiro é bastante restrito. No entanto, a vantagem é que apenas veículos inimigos nesse campo restrito podem ripostar seu fogo. Como tal, buracos de fechadura fazem com que você possa isolar um ou dois tanques inimigos de cada vez e assim atacar uma força numericamente superior em sequência. Idealmente, um buraco de fechadura está orientado na direção do flanco do rumo mais provável de avanço do inimigo, fazendo com que a emboscada atinja os lados vulneráveis do veículo inimigo e reduzindo a probabilidade de tanques inimigos que estejam apoiando os veículos emboscados o possam alvejar. O M36 na imagem acima pode atirar no flanco do Panther que está se movimentando da esquerda para a direita, mas os tanques pesados do inimigo que estão apoiando o batedor estão atrás da colina e como tal não podem alvejar o M36.

Você precisa de ser rápido no gatilho pois, como a imagem abaixo mostra, o Panther só é vulnerável durante o tempo que leva a percorrer alguns comprimentos de tanque.

Tenha em mente que, como em qualquer emboscada, buracos de fechadura têm um prazo de validade. Uma vez finalizado o confronto inicial, é quase garantido que o inimigo saberá onde você está e agirá de acordo com essa informação. Se o M36 acima não tiver companheiros observando a colina na sua esquerda, ele pode esperar um par de tanques pesados passando sobre a colina para o atacar à queima-roupa num minuto ou dois.

Vá no Fórum

Fechar